Grade Magnética Semiautomática

Uma grade magnética semiautomática é uma excelente opção para a sua indústria!

O tratamento de matérias-primas, insumos e materiais processados dentro de uma linha industrial é uma atividade complexa.

Envolve cálculo, mistura correta de elementos diversos, condições de processamento, tecnologias de automação e também de separação.

Os processos de separação de impurezas dos materiais industriais vêm ganhando cada vez mais importância dentro da indústria.

Recai sobre eles um importante papel na garantia da qualidade dos produtos finais, bem como dos próprios processos industriais, garantindo, muitas vezes, a integridade dos equipamentos.

É o que acontece no caso dos resíduos ferrosos, que podem estar presentes nos materiais em forma de partículas invisíveis ou corpos maiores, como parafusos, pregos, fragmentos de chapas e outros, que podem, inclusive, danificar equipamentos industriais, impondo prejuízos à empresa.

É por isso que existem os equipamentos de separação magnética, que utilizam a força de atração de ímãs de ferrite, neodímio e samário-cobalto, de acordo com a exigência do processo em questão, para atrair e reter esses resíduos ferrosos, ajudando a purificar a matéria-prima, a matéria processada e o produto final.

O que é grade magnética semiautomática?

A grade magnética semiautomática é um separador magnético industrial aplicado a processos cíclicos de despejo mecânico ou gravitacional.

Possuem flanges de entrada e saída, uma grade metálica e tubos magnéticos, que são os elementos de captura e retenção dos resíduos ferrosos.

Esses resíduos são eliminados no processo de limpeza semiautomático, em que os resíduos são descartados pelas gavetas laterais. O acionamento da limpeza semiautomática é feita manualmente, por meio de uma alavanca.

O material principal usado na fabricação é o aço inox. Pela sua resistência a agressões externas, principalmente a oxidação e as altas temperaturas, é o material mais adequado para as grades magnéticas semiautomáticas.

Podem ser dotados de até três fileiras de tubos, tudo dependendo da necessidade industrial a que precisam atender.

Pode trabalhar em temperaturas de até 250º C e os ímãs podem possuir força magnética de 4,5 mil a 12 mil Gauss.

Aplicações da grade magnética semiautomática

  • Indústria de reciclagem de plástico e papel;
  • Indústria alimentícia;
  • Indústria química;
  • Indústria farmacêutica;
  • Indústria de construção;
  • Outros.

PEDIDO DE ORÇAMENTO

Open chat