Polia Magnética

A polia magnética é usada em processos de separação magnética.

A automação industrial é um processo ainda em curso na sociedade humana, que cada vez mais amplia sua influência sobre a produtividade e sobre os custos de empresas dos mais diversos segmentos, inclusive não industriais.

A automação ocorre com base na necessidade das empresas de substituir processos lentos, caros e trabalhosos por processos ágeis, baratos e simplificados.

A substituição dos processos manuais por processos automatizados permite que as empresas possam direcionar recursos humanos para atividades mais qualificadas, contribuindo para a transformação das mesmas e para o consequente ganho de competitividade.

São muitos os processos industriais, estando entre eles um que cada vez mais ganha relevância.

A separação magnética é uma realidade, tanto porque os metais ferrosos estão entre as principais ameaças de contaminação à matéria-prima, aos materiais em processamento e ao produto final.

Além de levarem riscos a saúde do consumidor, podem comprometer a integridade do produto final e até mesmo danificar equipamentos industriais. É o caso de resíduos como parafusos, cavacos, pedaços de placas de metal, pregos e outros, que podem se desprender dos próprios equipamentos.

A separação magnética vem substituir a separação manual, conferindo agilidade ao processo produtivo. Os separadores magnéticos de metais são equipamentos produzidos em diferentes formas, que se adaptam às diferentes condições, inerentes a cada segmento industrial.

O que é polia magnética?

A polia magnética é um desses equipamentos. 

É acoplada a esteiras transportadoras ou outros equipamentos, exercendo dupla função. Além da mais comum, que é oferecer força e energia cinética para impulsionar o movimento do equipamento, ela retém os resíduos ferrosos nele presentes.

São usados como força magnética ímãs de ferrite ou neodímio, acoplados a uma estrutura de aço inox, tendo rasgos de gaveta nos eixos.

A polia magnética é um equipamento simples, mas com ótimo potencial de automação dos processos de descontaminação, uma vez que seu sistema de limpeza é automático e contínuo, dispensando auxílio humano.

A força magnética pode chegar a até 4.500 Gauss e o equipamento opera com eficiência em temperaturas de até 80º C.

Aplicações da polia magnética

  • Indústria de reciclagem;
  • Indústria alimentícia;
  • Indústria de plástico;
  • Indústria de construção;
  • Indústria de cerâmica;
  • Metalurgia.

PEDIDO DE ORÇAMENTO

Open chat